Destinos

 Rio de janeiro

Nenhuma outra cidade do mundo ostentaria com tanto charme o título de “Maravilhosa” como o Rio de Janeiro. Aos caprichos da natureza, que colocou mar e montanha lado a lado em perfeita harmonia, juntam-se o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Maracanã e o estilo de vida despojado e festeiro do carioca. Mais que um cartão-postal, o Rio é um estado de espírito, sempre alegre e de alto-astral. Também, pudera, a cidade tem cerca de 30 quilômetros de orla contornada por calçadões e ciclovias tomadas por gente o dia inteiro caminhando, pedalando, correndo ou apenas observando o movimento.

Além das praias, da democrática Copacabana à extensa Barra da Tijuca, passando pela neo-hippie Ipanema, tem ainda a Lagoa Rodrigo de Freitas, o Parque do Flamengo e a Floresta Tijuca, emolduradas por belos cenários naturais e espaços de sobra para a prática de esportes ao ar livre.

Badalada por natureza o Rio é sede de grandes eventos culturais e esportivos ao longo do ano, a cidade fica ainda mais movimentada no verão, quando as duas principais festas do país atraem gente do mundo todo. No Réveillon, toneladas de fogos de artifício colorem os céus de Copacabana para saudar o Ano Novo, enquanto no Carnaval a folia toma conta das ruas, tendo sua apoteose no Sambódromo, cenário dos concorridos desfiles das escolas de samba.

 Angra dos Reis

A natureza foi generosa com a baía de Angra dos Reis, presenteando-a com nada menos que 365 ilhas salpicadas em um mar de águas verdes e cristalinas. A melhor maneira de conhecê-las é de barco, em passeios que levam a cenários paradisíacos e variados. No cardápio estão recantos isolados - os preferidos dos ricos e famosos para erguerem seus refúgios - e também praias badaladas, como a do Dentista, onde o engarrafamento de lanchas e iates é constante na alta estação. Por ali, a mordomia tem espaço de sobra - os bares flutuantes levam drinks e petiscos até às embarcações logo após os pedidos serem feitos via rádio.
Angra foi contemplada, ainda, com uma diversificada e colorida vida marinha, o que faz da região um dos melhores pontos de mergulho do país. Além de peixes de inúmeras espécies, moluscos, crustáceos, tartarugas e moréias, os adeptos da atividade encontram naufrágios escondidos. Quem aposta somente nos equipamentos básicos, como máscara e snorkel, também não se decepciona - nos arredores das ilhas Botinas, cartão-postal do destino, há muitas belezas a serem apreciadas debaixo d'água.
Em terra firme, as atrações ficam por conta do Centro Histórico, com casario colonial, conventos e igrejas; e dos charmosos restaurantes do bairro da Vila do Frade. Em muitos estabelecimentos, apreciar a paisagem é tão prazeroso quanto degustar os pratos. Depois do jantar, caso seja verão, todos os caminhos levam ao mar novamente - o agito noturno também tem as ilhas como pano de fundo. O endereço muda a cada temporada, mas a pista está sempre fervendo.

 Búzios

Destino mais cobiçado da Região dos Lagos, Búzios vai além das belezas naturais, dignas de cartão-postal. Incluída no mapa do jet set internacional na década de 60, depois de uma visita da atriz francesa Brigitte Bardot, a antiga vila de pescadores abriga restaurantes e pousadas sofisticadas, boates e bares descolados e um comércio repleto de lojas de grife. Cosmopolita, recebe turistas do mundo todo o ano inteiro - e muitos acabam ficando por lá.
O balneário tem cerca de vinte praias, cada uma com estilo próprio. Geribá, por exemplo, é território dos surfistas e da paquera, enquanto Azedinha é um mar de tranquilidade e Ferradura atrai famílias com crianças. Uma maneira agradável de conhecê-las é fazendo passeios de barco que levam também às ilhas Feia e Rasa. Além de curtir as paisagens, as paradas para mergulho revelam a rica vida marinha da região.
Búzios é famosa também por sua noite badalada, que começa na Rua das Pedras e se estende até à Orla Bardot, ambas com restaurantes, bares, música e agito para todos os gostos. O movimento, entretanto, não decola antes da uma da madrugada, especialmente no verão e nos feriados. Aproveite para curtir um jantar a dois ou dar uma boa cochilada.

 Arraial do Cabo

Arraial do Cabo reúne algumas das mais belas características do litoral brasileiro, como dunas de areia branca, vegetação de restinga, lagoas e praias de mar cristalino, além de costões que funcionam como mirantes para apreciar tudo isso. E ainda tem mais: embora localizada na Região dos Lagos e tendo como vizinhas as badaladas Cabo Frio e Búzios, a cidade mantém características típicas de uma vila de pescadores - até mesmo na alta temporada os ares de tranquilidade imperam.
Quem agradece são os mergulhadores, que lá encontram os melhores pontos do país para praticar o esporte. Além das águas transparentes, Arraial do Cabo abriga uma diversificada vida marinha - são tartarugas, meros, lulas, lagostas, arraias e até golfinhos que vivem em harmonia nas ilhas do Farol e dos Porcos, nos sacos do Cherne e do Cordeiro, na praia do Forno, na Ponta d'Água e na Gruta Azul.
Além das belezas naturais, a cidade é atraente também quanto o assunto é preço - dos restaurantes às pousadas, as tarifas são bem mais em conta que as praticadas nos arredores. Em Arraial não há estabelecimentos luxuosos, mas encontra-se muito conforto e os pratos de frutos do mar mais frescos da região. Os passeios de barco, imperdíveis e que apresentam paisagens encantadoras e com direito a parada na praia do Farol, uma das mais bonitas do Brasil, também têm valor acessível. Sem contar que, assistir ao pôr do sol no Pontal do Atalaia, um dos programas obrigatório, é de graça!

 Paraty

À primeira vista parece que o tempo parou em Paraty, uma cidadezinha espremida entre a serra e o mar e que teve seu apogeu no Ciclo do Ouro. No Centro Histórico, a moldura é formada por preservados casarões colonial, igrejas dos séculos 18 e 19 e ruas calçadas pelos escravos em pedras pés-de-moleque onde o tráfego de automóveis é proibido.
Mas basta circular pelas ruelas para conferir uma cidade pulsante, charmosa, com gente, sotaques e paladares do mundo inteiro, combinando tradição e modernidade - o cenário utilizado nas festas religiosas, como a do Divino, é o mesmo onde a turma brinca o Carnaval, os fãs da branquinha degustam a bebida no Festival da Cachaça e os intelectuais badalam durante a concorrida Festa Literária Internacional, a Flip.
Paraty reúne ainda praias e cachoeiras. Na estrada para Cunha ficam quedas d´água que formam piscinas naturais perfeitas para banhos, como Pedra Branca e Tobogã. Já na vila de Trindade, a 20 quilômetros, praias selvagens e acessíveis por trilhas, como a do Sono e do Cachadaço, atraem a turma jovem e aventureira. Para quem não quer saber de caminhadas, barcos partem do cais todos os dias para passeios pela baía e suas ilhas.

 Petrópolis

Destino preferido dos cariocas quando chega o inverno, Petrópolis combina o charme das construções do período imperial com o friozinho da serra e a infraestrutura de qualidade - há hotéis confortáveis, bons restaurantes e comércio variado. A natureza exuberante também se faz presente através do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, repleto de trilhas, cachoeiras e mirantes naturais.
A apenas 65 quilômetros da Cidade Maravilhosa, Petrópolis conserva muitas das construções da época em que Dom Pedro II passava longas temporadas no agradável destino. Muitos centros culturais funcionam em antigos palacetes e casarões do século 19 - é o caso do principal cartão-postal da cidade, o Museu Imperial. O palácio, erguido em 1845 para ser a residência de verão da família real, guarda documentos, mobiliário, joias e objetos de membros da corte. Para circular pelos cômodos, os visitantes recebem pantufas para não arranhar o piso histórico. Os belos jardins da casa servem de cenário para o espetáculo Som e Luz, com relatos sobre o Segundo Reinado, apresentado nas noites de quinta a sábado.
Para visitar outras atrações no Centro de Petrópolis, como a bela Catedral de São Pedro de Alcântara e casas de personalidades como Santos Dumont, Rui Barbosa e princesa Isabel, vale apostar nos passeios de charrete - adaptados, os veículos ganharam ares de carruagens. Não deixe de conferir dois outros ícones da cidade: o Palácio de Cristal, com intensa programação musical; e o Palácio Quitandinha, antigo cassino com salões abertos à visitação. As boas compras também fazem a fama da região. Na Rua Teresa, paraíso dos sacoleiros, há roupas, casacos e acessórios para todos os gostos e bolsos.


+55 (21)3048-0707

  

WHATSAPP